Estudo de mercado para a implantação de um laboratório de análises de sementes na Unoesc de Campos Novos

  • Alessandra Borges
  • Tamara Pereira Felício UNOESC
  • Juglans Aimi Severo UNOESC
  • Camila Camargo Aguiar UNOESC
  • Tadiane Regina Popp
Palavras-chave: Qualidade de sementes, Análise de mercado, Pureza, Soja

Resumo

O aumento na produção de sementes em Santa Catarina tem gerado um aumento da preocupação com a qualidade fisiológica, porém existem poucos laboratórios de análises de sementes (LAS) em Santa Catarina diante do potencial do mercado. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi analisar a viabilidade mercadológica de implantação de um LAS na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), campus de Campos Novos. A pesquisa de mercado foi realizada por meio de um questionário aplicado a 9 possíveis clientes e a pesquisa bibliográfica consistiu na busca por materiais de base científica para compreensão do tema. Os resultados do estudo apontaram que em Santa Catarina existem quatro LAS em funcionamento e que o principal concorrente abrange 67% do mercado de análises de sementes. Em contrapartida, 70% das respondentes possuem muito interesse em utilizar o futuro LAS UNOESC e 80 % produzem em maior quantidade sementes de soja. As análises de pureza e germinação foram as mais solicitadas, em função das exigências para comercialização de sementes. Dessa forma, pode-se concluir que grande parte das empresas entrevistadas, as quais, na maioria, possuem sede localizada no município de Campos Novos, têm interesse na prestação de serviços do LAS e as mesmas apresentam demanda das análises oferecidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SEMENTES E MUDAS. Associação Brasileira de sementes e mudas: Semente é tecnologia. Revista ABRASEM- Anuário 2019, Brasília, p. 1-124, 2019. Disponível em: http://www.abrasem.com.br/wp-content/uploads/2013/09/Anuario_ABRASEM_2019_SITE.pdf. Acesso em: 14 jun. 2019.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SEMENTES E MUDAS. Estatística da produção e comercialização de sementes no Brasil. Revista ABRASEM- Anuário 2016, Brasília, p. 1-124, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SEMENTES E MUDAS. O sistema brasileiro de sementes. Londrina: ABRASEM, 2015. 56 p. Disponível em: http://www.abrasem.com.br/anuarios/. Acesso em: 18 dez. 2018.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Laboratórios de sementes e mudas. Brasília, 2019. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/laboratorios/laboratorios-credenciados/documentos-rede-nacional-de-laboratorios-agropecuarios/ListadeLaboratriosdesementesemudasV01_30.01.2019.pdf. Acesso em: 18 jun. 2019.

BRASIL. Ministério da agricultura, pecuária e abastecimento. Instrução Normativa número 40, de 30 de novembro de 2010. Brasília, 2010. Disponível em: http://www.abrasem.com.br/wp-content/uploads/2012/10/Instru%C3%A7%C3%A3o-Normativa-n%C2%BA-40-de-30-de-novembro-de-2010-Modelos-de-Boletim-de-An%C3%A1lise-de-Sementes.pdf. Acesso em: 19 jan. 2018.

FARIA, R. M. de; GUEDES, R. S. Diagnóstico do segmento de produção de sementes no Estado de Santa Catarina nas safras 2015 e 2015/2016. 2017. 19 p. Trabalho de Conclusão de curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/174480/TCC%20-%20RENATO%20MOREIRA%20DE%20FARIA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 18 dez. 2018.

FERREIRA, P. V. Estatística experimental: Aplicada às Ciências agrárias. Viçosa: UFV, 2018, 588 p.

FRANÇA NETO, J. de B. et al. Tecnologia da produção de semente de soja de alta qualidade. Informativo ABRATES. Londrina, v. 20, n. 3, p. 26-32, 2010. Mini-curso de tecnologia em produção de soja. Disponível em: https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/866714/1/minicurso01.pdf. Acesso em: 18 dez. 2018.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa.4. ed. São Paulo: Atlas S.A, 2002. 176 p. Disponível em: http://www.urca.br/itec/images/pdfs/modulo%20v%20-%20como_elaborar_projeto_de_pesquisa_-_antonio_carlos_gil. Acesso em: 02 jun. 2019.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos da metodologia científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2017. 346 p.

PEIXOTO, C. de M. Pirataria de sementes de soja. [S. l.], 2015. Disponível em: http://www.pioneersementes.com.br/blog/64/pirataria-de-sementes-de-soja. Acesso em: 01 dez. 2017.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÁS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Aprenda a fazer uma pesquisa de mercado. [S. l.], 2017. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/aprenda-a-fazer-uma-pesquisa-de-mercado,e8ea6d461ed47510VgnVCM1000004c00210aRCRD. Acesso em: 27 jan. 2018.

SC RURAL. Cooperativismo em SC. Itapiranga, 2019. Disponível em: http://www.scrural.sc.gov.br/?cat=61. Acesso em: 14 jun. 2019.

SENKOVSKI, A. C. Terra da semente garante a soja da próxima safra. Gazeta do povo, Abelardo Luz, 20 fev. 2017. Expedição safra 2016/2017. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/agronegocio/expedicoes/expedicao-safra/2016-2017/terra-da-semente-garante-a-soja-da-proxima-safra-0wtzp4wlbmyekr2vikucgunnq/. Acesso em: 18 dez. 2018.

TREVISAN, S. A.; BALBINOT JUNIOR, A. A. Estabelecimento e crescimento inicial de cultivares de aveia para pastejo. Revista UNOESC e Ciência- Área das ciências exatas e da Terra. Joaçaba: Editora UNOESC, v. 3, n. 1, p. 23-30, jan. /jun. 2012. Disponível em: https://editora.unoesc.edu.br/index.php/acet/article/view/1078/pdf. Acesso em: 13 dez. 2018.

Publicado
29-06-2020
Como Citar
Borges, A., Felício, T. P., Severo, J. A., Aguiar, C. C., & Popp, T. R. (2020). Estudo de mercado para a implantação de um laboratório de análises de sementes na Unoesc de Campos Novos. Unoesc & Ciência - ACET, 10(2), 107-114. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acet/article/view/21357