OVO EM PÓ NA DIETA DE CORDEIROS DA RAÇA LACAUNE SOB SISTEMA DE DESMAME PRECOCE

  • Janine Bachamann
  • Letieri Griebler Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Gabriel Rossato
  • Daison Henrique Marroco
  • Clovisnei Basi
Palavras-chave: Confinamento, Desempenho, Ovinos

Resumo

A ovinocultura tem se mostrado uma atividade promissora principalmente em sistemas de produção de leite de ovinos. Com isso, em busca de melhorar o desempenho dos cordeiros de aptidão leiteira, busca-se a dieta ideal para a categoria. Portanto, no presente estudo, buscou-se avaliar o desempenho de cordeiros da raça Lacaune em sistema de desmame precoce alimentados com dieta contendo ovo em pó. Foram utilizados para o experimento 20 cordeiros, distribuídos aleatoriamente nos tratamentos: TC – concentrado controle (milho, farelo de soja e mineral) e TO – concentrado de ovo (milho, farelo de soja, ovo em pó e mineral). O experimento teve início após o desmame dos cordeiros, realizado aos 54 dias de vida. A quantidade de alimento fornecida em cada tratamento era ajustada semanalmente, após a pesagem dos animais, de acordo com o ganho de peso dos cordeiros. Os dados obtidos foram analisados por função logística a 5% de significância. Os animais submetidos ao tratamento com inclusão de ovo em pó não obtiveram superior ganho de peso vivo, porém apresentaram melhor eficiência alimentar. Novos estudos devem ser realizados a fim de elucidar os possíveis efeitos da inclusão de ovo em pó na dieta de cordeiros Lacaune.

Referências

ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS. Official Methods of Analysis, 16th, 3. ed. AOAC INTERNATIONAL, Gaithersburg, MD, 1997.

BAGGIO, C. et al. Inclusão de probióticos na dieta de cordeiros da raça Lacaune. In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, SEMINÁRIO INTEGRADO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E MOSTRA UNIVERSITÁRIA, 2018, Xanxerê. Anais [...]. Xanxerê, 2018.

BRITO, M. A. et al. Composição do sangue e do leite em ovinos leiteiros do sul do Brasil: variações na gestação e na lactação. Ciência Rural, v. 36, n. 3, p. 942-948, maio/jun. 2006.

DENNIS, T. S. et al. Effects of egg yolk inclusion, milk replacer feeding rate, and low-starch (pelleted) or high-starch (texturized) starter on Holstein calf performance through 4 months of age. Journal of Dairy Science, v. 100, n. 11, 2017.

KELLOGG, D. W. et al. Growth of calves fed milk replacer containing dried egg product. Research Series - Arkansas Agricultural Experiment Station, n. 478, p. 149-154, 2000.

KOMAREK, A. R. A filter bag procedure for improved efficiency of fiber analysis. Journal of Dairy Science, Champaign, v. 76, p. 250, 1993. (Suppl. 1).

LIMA, P. O. et al. Desenvolvimento dos estômagos de bezerros recebendo diferentes dietas líquidas. Ciência Rural, v. 43, 2013.

LIMA, P. O. et al. Parâmetros séricos de bezerros submetidos a diferentes tipos de dietas líquidas. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 13, p. 529-540, 2012.

MERTENS, D. R. Gravimetric determination of amylase-treated neutral detergent fibre in feeds with refluxing beakers or crucibles: a collaborative study. Journal of AOAC, Washington, v. 85, n. 6, p. 1217-1240, 2002.

NORBERG, S. E. et al. Utilization of energy and amino acids of spray-dried egg, plasma protein and soy bean meal by ducks, Poultry Science, Department of Animal Sciences, Purdue University, West Lafayette, Indiana, v. 83, n. 83, p. 939 - 945, jun. 2004.

ROSSATO, G. et al. Uso de ovo integral pasteurizado em pó adicionado à dieta líquida de bezerras leiteiras. In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, SEMINÁRIO INTEGRADO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E MOSTRA UNIVERSITÁRIA, Xanxerê, 2018. Anais [...]. Xanxerê, 2018.

SENGER, C. et al. Evaluation of autoclave procedures for fibre analysis in forage and concentrate feedstuffs. Animal Feed Science and Technology, Amsterdan, v. 146, n. 1-2, p. 169, 2008.

SILVA, D. J.; QUEIROZ, A. C. Análise de alimentos: métodos químicos e biológicos. 3. ed. Viçosa: UFV, 2002. 235 p.

TEDESCHI, L. O. et al. Identifying diferences in fedds efficiency among group-fed

cattle. Journal of Animal Science, v. 84, p. 767-776, 2006.

TEIXEIRA, E. N. M. et al. Efeito do tempo de jejum pós-eclosão, valores energéticos e inclusão do ovo desidratado em dietas pré-iniciais e iniciais de pintos de corte. Revista Brasileira Zootecnia, v. 38, n. 2, p. 314-322, 2009.

VILLAS BÔAS, A. S. et al. Idade à Desmama e Manejo Alimentar na Produção de Cordeiros Superprecoces. Revista Brasileira Zootecnia, v. 32, n. 6, p. 1969-1980, 2003.

YOKOYAMA, H. et al. Detection of passage and absorption of chicken egg yolk immunoglobulins in the gastrointestinal tract of pigs by us e of enzyme-linked immunosobent assay and fluorescent antibody testing. American Journal Veterinary Research, v. 54, n. 6, p. 867-872, 1993.

ZIMMERMANN, N. P. et al. Controle leiteiro e análise centesimal do leite de ovelhas suffolk. Arq. Ciênc. Vet. Zool. Unipar, Umuarama, v. 12, n. 1, p. 37-45, jan./jun. 2009.

Publicado
18-06-2019
Como Citar
Bachamann, J., Griebler, L., Rossato, G., Marroco, D. H., & Basi, C. (2019). OVO EM PÓ NA DIETA DE CORDEIROS DA RAÇA LACAUNE SOB SISTEMA DE DESMAME PRECOCE. Unoesc & Ciência - ACET, 10(1), 31-38. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acet/article/view/20628