Aposentadoria: expectativas e necessidades dos idosos

  • Sandra Maria Toffolo UNOESC
  • Sandra Rogéria De Oliveira UNOESC
  • Camilia Susana Faler UNOESC
  • Rafael Cunha Laux Universidade do Oeste de Santa Catarina http://orcid.org/0000-0003-2723-3130
Palavras-chave: Trabalho, Aposentadoria, Expectativas, Necessidades

Resumo

O homem, por meio do trabalho, busca dignidade e valorização, expondo suas ideias e as realizando, auxiliando na transformação e evolução do mundo. Assim, a aposentadoria é vista como forma de premiação dessa jornada exaustiva, que modifica a rotina laborativa e os projetos de vida. O objetivo deste estudo foi identificar as expectativas e necessidades dos idosos na chegada da aposentadoria. Participaram 27 alunos da Universidade da Melhor Idade de Chapecó Especialização (UMIC) da Unoesc Chapecó. Aplicou-se um questionário elaborado pelos autores composto de questões como: 1 – A aposentadoria supre as suas expectativas e necessidades de vida? 2 – Existe ou existiu uma programação financeira e de projetos em relação à aposentadoria? e 3 – Qual sua percepção com a condição de estar aposentado? Os dados foram analisados de maneira descritiva, com frequência relativa e absoluta. Observa-se nos resultados que 65,39% dos pesquisados relatam que a aposentadoria não supre as expectativas e necessidades, 59,26% não realizaram uma programação financeira e de projetos em relação à aposentadoria, e 77,78% estão tranquilos quanto à condição de estarem aposentados. Nesse grupo específico constata-se que a maioria dos idosos não se programou para a aposentadoria, o que pode contribuir para o alto índice de idosos que relatam que a aposentadoria não supre suas expectativas e necessidades. Destaca-se que a grande maioria está tranquila em relação ao “estar aposentado”.

 

Biografia do Autor

Sandra Maria Toffolo, UNOESC
Coordenadora da Universidade da Melhor Idade (UMIC) da UNOESC Chapecó
Sandra Rogéria De Oliveira, UNOESC
Professora do Curso de Educação Física da UNOESC Chapecó
Camilia Susana Faler, UNOESC
Professora da Unoesc Chapecó. Pesquisadora da UMIC
Rafael Cunha Laux, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Mestre em Educação Física (UFSM), Especialista em Personal Training (UNOESC). Professor do Curso de Educação Física da UNOESC Campus Chapecó e Xanxerê.

Referências

BULLA, L. C.; KAEFER, C. O. Trabalho e aposentadoria: as repercussões sociais na vida do idoso aposentado. Revista Virtual Textos & Contextos, n. 2, dez. 2003.

FRANÇA, L. Aposentadoria Ativa: o Papel das Organizações. In: BARROS JÚNIOR, J.C. Empreendedorismo, Trabalho e Qualidade de Vida na Terceira idade. 1. ed. São Paulo: Edicojn, 2009. Disponível em: http://www.trabalhoevida.com.br/download/livro.pdf. Acesso em: 30 ago. 2015.

FUSTINONI, O.; PASSANTE, D. La Tercera Edad. Buenos Aires: La Presensa Medica Argentina, 1980.

GARCÍA, A. J. M.; RUIZ, E. J. G. F. La preparación para la jubilación: revisión de los factores psicológicos y sociales que inciden en un mejor ajuste emocional al final del desempeño laboral. Anales de Psicología, v. 16, n. 1, 2000.

GUIMARAES, G. D. Aspectos da teoria do cotidiano: Agnes Heller em perspectiva. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.

HSBC. O Futuro da Aposentadoria Uma nova realidade. London: HSBC Insurance Holdings Limited, 2013. Disponível em: https://www.hpprev.com.br/download/educPrev/estudo_OFuturoDaAposentadoria_hsbc2013.pdf. Acesso em: 30 ago. 2015.

MARQUES, A. P. C. Preparando Funcionários para Aposentadoria com Qualidade de Vida. In: VILARTA, R.; GUTIERREZ, G.L. Qualidade de Vida em Propostas de Intervenção Corporativas. 1. ed. Campinas: Ipes, 2007. Disponível em: http://www.fef.unicamp.br/fef/sites/uploads/deafa/qvaf/intervencao_corporativa_cap4.pdf. Acesso em: 30 ago. 2015.

MARX, K. O capital. São Paulo: Abril cultural, 1983. v. 1.

MAZO, G. Z.; LOPES, M. A.; BENEDETTI, T. B. Atividade Física e o Idoso: Concepção Gerontológica. 3. ed. Porto Alegre: Sulina, 2009.

MAZINI FILHO, M. L. et al. Atividade física e envelhecimento humano: a busca pelo envelhecimento saudável. Revista Brasileira de Ciências de Envelhecimento Humano, Passo Fundo, v. 7, n. 1, p. 97, 2010.

MURTA, S. G. et al. Preparação para a aposentadoria: implantação e avaliação do programa viva mais!. Psicol. Reflex. Crit., Porto Alegre, v. 27, n. 1, 2014.

PROENÇA, G. História da Arte. São Paulo: Ática, 2013.

SIMOES, R. Corporeidade e terceira idade: a marginilização do corpo idoso. 3. ed. Piracicaba: UNIMEP, 1998.

THE ECONOMIST. Ageing populations, old story: which countries have most elderly people?, 8 maio 2009. Disponível em: www.economist.com/daily/news/displaystory.cfm?story_id=13635381. Acesso em: 30 ago. 2015.

TOFFOLO, S. M. et. al. UMIC – Universidade da Melhor Idade de Chapecó. Revista UFSC, 2013.

Publicado
28-05-2019
Como Citar
Toffolo, S., De Oliveira, S., Faler, C., & Laux, R. (2019). Aposentadoria: expectativas e necessidades dos idosos. Unoesc & Ciência - ACBS, 10(1), 31-36. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acbs/article/view/16611