Mãos que tecem a rede: estudo de caso com foco na saúde mental e qualidade de vida no trabalho

  • Jhenifer Thomazzi dos Santos
  • Ana Paola Grando Unoesc

Resumo

Neste estudo teve-se como objetivo proporcionar por meio de intervenções grupais uma melhor saúde mental aos colaboradores no ambiente de trabalho de um frigorifico do Meio-Oeste de Santa Catarina. Constituiu-se em uma pesquisa qualitativa e quantitativa, com sete sujeitos no total, sendo cinco do sexo feminino e dois do sexo masculino, com faixa etária de 20 a 50 anos. Como instrumento foram feitos grupos, com os quais se realizaram quatro encontros, quinzenalmente, por meio da oficina denominada Mãos que tecem a rede. Foi trabalhada uma temática específica a cada encontro, nos quais os assuntos abordados foram: ansiedade, depressão, dor crônica e gerenciamento de estresse. Observou-se como resultados deste estudo que os colaboradores obtiveram conhecimento sobre as determinadas adversidades e posteriormente colocaram em prática as técnicas apreendidas a fim de enfrentar determinadas situações no ambiente de trabalho, sendo relevante a melhoria na sua qualidade de vida, refletindo positivamente no desempenho profissional.

Palavras-chave: Colaboradores. Saúde mental. Qualidade de vida. Grupos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jhenifer Thomazzi dos Santos
Graduada em Psicologia pela Unoesc Xanxerê.
Ana Paola Grando, Unoesc
Docente de Psicologia na Unoesc, a´re de Ciências da Vida.
Publicado
05-10-2017
Como Citar
dos Santos, J. T., & Grando, A. P. (2017). Mãos que tecem a rede: estudo de caso com foco na saúde mental e qualidade de vida no trabalho. Unoesc & Ciência - ACBS, 8(2), 161-168. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acbs/article/view/13227