Benefícios percebidos por praticantes de musculação para a saúde, estilo de vida e qualidade de vida

  • Lais Baldissera
  • Dionéia Lang Machado
  • Lucas Gomes Alves
  • Deise Faleiro
  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Resumo

O estilo de vida sedentário, gerado em parte pela tecnologia de fácil acesso, imprime uma qualidade de vida pouco associada à saúde. O conceito da necessidade de praticar algum exercício ou esporte para melhorar a saúde rebate tal problema e, ainda, faz com que se amplie a oferta por programas de atividade física na sociedade atual. Entretanto, essa prática gera benefícios a ponto de serem percebidos por seus praticantes? No presente estudo buscou-se descrever esses benefícios em praticantes femininas de musculação por meio de uma entrevista semiestruturada. Os resultados mostraram 21 benefícios. Conclui-se que além da capacidade individual em perceber esses benefícios, notou-se que eles se modificam à medida que as praticantes evoluem e aderem aos seus programas de treinamento.

Palavras-chave: Musculação. Benefícios. Saúde. Qualidade de vida. Estilo de vida. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mestrando em Ciências do Movimento Humano, pelo CEFID-UDESC. Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pelo INEFC_UB. Professor da UNOESC-Chapecó.

Publicado
05-10-2017
Como Citar
Baldissera, L., Lang Machado, D., Alves, L. G., Faleiro, D., & Zawadzki, P. (2017). Benefícios percebidos por praticantes de musculação para a saúde, estilo de vida e qualidade de vida. Unoesc & Ciência - ACBS, 8(2), 117-124. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acbs/article/view/13055