TÉCNICA DA MATRIZ PALATINA DE SILICONA PARA RESTAURAÇÕES ESTÉTICAS EM DENTES ANTERIORES E ESTRATIFICAÇÃO COM RESINAS COMPOSTAS: RELATO DE CASO

  • Roberto Cesar do Amaral
  • Rodrigo Cecconello
  • Soraia Maria Hack Comunello
  • Lea Maria Franceschi Dallanora
  • Bruna Eliza de Déa
  • Grasieli de Oliveira Ramos
  • Denilson Thiel De Camargo universidade do oeste de santa catarina http://orcid.org/0000-0002-3534-807X
  • Patricia Gabriela Franke

Resumo

A evolução dos materiais restauradores associados ao uso dos sistemas adesivos possibilitou a realização de restaurações estéticas com pouco desgaste dental, resultando em procedimentos mais conservadores. Assim, o cirurgião dentista devolve ao paciente um sorriso saudável com características e aparência naturais, pois as resinas compostas disponíveis no mercado oferecem diferentes graus de opacidade e translucidez. Neste trabalho, objetivou-se relatar um caso clínico envolvendo restaurações de dentes anteriores utilizando-se a técnica da guia de silicone. Clinicamente, o paciente apresentava restaurações classe IV na região distal do elemento 11 e mesial do elemento 12, com microfraturas nas faces proximais e infiltração marginal, tornando essas restaurações insatisfatórias do ponto de vista funcional e estético, justificando o tratamento restaurador; por se tratarem de dentes anterossuperiores, optou-se pela utilização da técnica da matriz palatina direta de silicona. Nessa técnica, a massa-base e a massa catalisadora de silicona são manipuladas até apresentarem uma consistência homogênea, posteriormente, são inseridas sobre os elementos dentais, envolvendo os contornos incisais, proximais, vestibular e face palatina dos elementos a serem restaurados e uma pequena área do palato duro entre os caninos, o que dará suporte à guia, deixando-a mais estável em boca. Após a presa, efetua-se o corte da guia com lâmina de bisturi, deixando expostos os contornos incisais e a face palatina. Depois disso, as restaurações de resina composta são removidas, sob isolamento absoluto modificado e proteção dos dentes adjacentes, posteriormente, os dentes a serem restaurados são submetidos a condicionamento ácido tradicional e à aplicação de adesivo. Após isso, a guia palatina é adaptada, e os incrementos de resina composta são colocados e fotopolimerizados. Posteriormente, realiza-se o ajuste das restaurações em posição protrusiva, lateralidade e em máxima intercuspidação habitual. A utilização dessa técnica facilita a realização da restauração, definindo uma ótima anatomia dos elementos dentais e reduzindo o tempo clínico.

Palavras-chave: Estética dentária. Resinas compostas. Materiais dentários.

Biografia do Autor

Denilson Thiel De Camargo, universidade do oeste de santa catarina
acadêmico do oitavo periodo do curso de odontologia da universidade do oeste de santa catarina
Publicado
07-03-2016
Como Citar
do Amaral, R. C., Cecconello, R., Hack Comunello, S. M., Franceschi Dallanora, L. M., de Déa, B. E., de Oliveira Ramos, G., Thiel De Camargo, D., & Franke, P. G. (2016). TÉCNICA DA MATRIZ PALATINA DE SILICONA PARA RESTAURAÇÕES ESTÉTICAS EM DENTES ANTERIORES E ESTRATIFICAÇÃO COM RESINAS COMPOSTAS: RELATO DE CASO. Ação Odonto, 3(2), 20. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/9303
Seção
Resumo Categoria II