IMPLANTAÇÃO DO BANCO DE DENTES HUMANOS (BDH) DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

  • Liliam Daniela Ghiggi UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Lea Maria Fransceschi Dallanora UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Os Bancos de Dentes Humanos (BDHs) são instituições sem fins lucrativos, vinculados a instituições
de ensino com o objetivo de suprir as necessidades acadêmicas, fornecendo dentes para
pesquisa, treinamento laboratorial e restaurações biológicas. Além disso, os BDHs são um importante
instrumento didático, científico e clínico que estão cada vez mais presente nos Cursos
de Odontologia brasileiros. A implantação do BDH na Universidade do Oeste de Santa Catarina
(Unoesc) ocorreu em 17 de março de 2011 e teve o propósito de organizar e facilitar a captação,
o armazenamento e a doação de dentes, formalizando suas origens, destino e criando condições
ideais para a utilização desses órgãos. Assim, este trabalho procurou demonstrar como ocorreu
a implantação do BDH da Unoesc desde o projeto de adequação física, estruturação para captação,
armazenamento e doação, organização documental, funcionalidade e fatos burocráticos
para o início de suas atividades. O pleno funcionamento do BDH significa um incremento de
grande importância para o Curso de Odontologia da Unoesc.
Palavras-chave: Banco de Dentes Humanos. Estruturação de BDH. Organização e administração.
Armazenamento de dentes humanos.

Biografia do Autor

Liliam Daniela Ghiggi, UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina
Odontoogia - Banco de Dentes Humanos
Lea Maria Fransceschi Dallanora, UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina
Mestre Cirurgiä Dentista, especilista em Ortodontia, Professora na Universidade do Oeste de Santa Catarina de Joaçaba

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Serviços Odontológicos: prevenção e controle de riscos. Brasília, DF: 2006. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais /manual_odonto.pdf>. Acesso em: 7 set. 2011.

AVELAR, Felipe Morando et al. Colagem homógena de fragmento dentário em incisivo central superior permanente – relato de caso clínico. RFO, v. 14, n. 1, p. 66-70, jan./abr. 2009.

BEGOSSO, M. P.; IMPARATO, J. C. P.; DUARTE, D. A. Estágio atual da organização dos bancos de dentes humanos nas faculdades de odontologia do território brasileiro. RPG Rev. Pós Grad., v. 8, n. 1, 23-28, jan./mar. 2001.

BRASIL. Resolução n. 196, de 16 de outubro de 1996. Diário Oficial da União,

out. 1996. Disponível em: . Acesso em: 6 out. 2011.

BRASIL. Lei n. 9.434, de 4 de fevereiro de 1997. Dispõe sobre a Remoção de Órgãos, Tecidos e Partes do Corpo Humano para Fins de Transplante e Tratamento e dá outras Providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 5 fev. 1997. Disponível em: http://www6.senado.gov.br/legislacao/ListaTextoIntegral.action?id=123711>. Acesso em: 5 fev. 2011.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Relação das Faculdades do Estado de Santa Catarina. Disponível em: <http://odontologika.uol.com.br/fac_santacatarina.htm>. Acesso em: 5 out. 2011.

IMPARATO, Jose Carlos Pettorossi et al. Banco de Dentes Humanos. Curitiba: Ed. maio, Curitiba, 2003.

MOREIRA,L. et al. Banco de Dentes Humanos para o Ensino e Pesquisa em Odontologia. Rev. Fac. Odontol., Porto Alegre, v. 50, n. 1, p. 34-37, jan./abr., 2009.

NASSIF, A. C. S. et al. Estruturação de um Banco de Dentes Humanos. Pesq. Odontol. Bras., São Paulo, v. 17, p. 70-74, maio 2003.

PINTO, L. S. et al. Conhecimento Popular, Acadêmico e Profissional sobre o Banco de Dentes Humanos. Pesq. Bras. Odontoped. Clin. Integr., João Pessoa, v. 9, n. 1, p. 101-106, jan./abr. 2009.

POLETTO, M. M. et al. Banco de Dentes Humanos: Perfil Sócio-Cultural de um Grupo de Doadores. RGO, Porto Alegre, v. 58, n. 1, p. 91-94, jan./mar. 2010.

ULSON , Raquel Cristina Barbosa, IMPARATO, José Carlos Pettorossi. Reabilitação Bucal por meio de Colagem de Fragmentos em Dentes Decíduos. Publ. UEPG Ci. Biol. Saúde, Ponta Grossa, v. 14, n. 1, p. 23-28, mar. 2008.

ZUCCO, Debora et al. Avaliação do Nível de Conhecimento dos Acadêmicos do Curso de Odontologia da UNIVILLE Sobre a Utilização de Dentes Extraídos na

Graduação e Banco de Dentes. Revista Sul-Brasileira de Odontologia, v. 3, n. 1, p. 55, 2006.

MIRANDA, Geraldo Elias; CARNEIRO, Fernanda Bueno. Banco de dentes humanas: uma análise bioética. Revista Bioética. Belo Horizonte: Vol. 20, No 2, março. 2014

Publicado
07-07-2014
Como Citar
Ghiggi, L. D., & Fransceschi Dallanora, L. M. (2014). IMPLANTAÇÃO DO BANCO DE DENTES HUMANOS (BDH) DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA. Ação Odonto, 2(1), 61-71. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/4793
Seção
Artigos