Disfunção temporomandibular e bruxismo

  • Lucas José Gatelli Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Stefani Vattori Silva Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Ricardo Villela Armenio Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Grasieli Oliveira Ramos Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Lea Maria Franceschi Dallanora Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Leonardo Flores Luthi Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Mariana Machado teixeira de Moraes Costa Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)

Resumo

Sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM) podem ser detectados nas diferentes faixas etárias do crescimento e desenvolvimento do indivíduo, sendo de extrema importância a percepção do cirurgião-dentista para esses aspectos fundamentais, quando se pretende fazer o atendimento integral. Assim, o desconhecimento desse assunto por parte da população motivou a realização deste trabalho com as agentes comunitárias de saúde (ACS), o qual foi desenvolvido por meio de pesquisa em artigos científicos e de ilustrações, com os quais se objetivou esclarecer e orientar ao autodiagnóstico de DTM e bruxismo, podendo as pessoas com tais parafunções procurar o serviço odontológico. Transmitiu-se para a população o conhecimento sobre os principais fatores de risco, como o estresse e o trauma, e sugeriu-se a adoção de hábitos saudáveis, como a prática de exercícios físicos que possam prevenir a instalação da doença. É importante ressaltar, nesse ponto, que apenas a presença de sinais e sintomas isolados de DTM e bruxismo não representam a doença em desenvolvimento; porém, quando o paciente tiver alguma sintomatologia e procurar o cirurgião-dentista, competirá a ele fechar o diagnóstico e fazer as devidas intervenções, pois quando se consegue abordar as parafunções no início da sua instalação maior a chance de se preservar os tecidos dentários musculares e ósseos. Assim, por meio dessa capacitação, houve condições de melhorar a abrangência de informações para a população da comunidade de atuação sobre disfunção temporomandibular e bruxismo.

Palavras-chave: Transtornos da articulação temporomandibular. Dor facial. Côndilo mandibular. Bruxismo.
Publicado
11-09-2018
Como Citar
Gatelli, L. J., Silva, S. V., Armenio, R. V., Ramos, G. O., Dallanora, L. M. F., Luthi, L. F., & Costa, M. M. teixeira de M. (2018). Disfunção temporomandibular e bruxismo. Ação Odonto. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/17185
Seção
Resumo Categoria III