Cirurgia hospitalar em paciente com necessidade especial: relato de caso

  • Bruna Marca Mattei Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Gabriela Augusta Bier Zamboni
  • Maicon Douglas Pavelski
  • Marta Garrastazu
  • Mariana Costa
  • Bruna De Dea

Resumo

Paciente J. P. B. E., 26 anos, encontrava-se em atendimento odontológico na Clínica de Pacientes com Necessidades Especiais II da Universidade do Oeste de Santa Catarina. Apresentou hidrocefalia, sem alterações sistêmicas. Sua mãe relatou ter dificuldade de “escovar os dentes de trás”. Ao exame clínico, foi constatado acúmulo de placa considerável nos elementos dentais 18, 28 e 38, lesão cariosa no dente 47 e presença de cálculo nos dentes inferiores; no exame radiográfico foi possível observar inclinação horizontal do elemento dental 48. Em razão da dificuldade do tratamento odontológico em ambiente ambulatorial onde necessitaria de mais sessões para a realização do tratamento completo, foi optado pela realização do procedimento em ambiente hospitalar. Foi realizada anestesia geral com intubação nasotraqueal. Após a sedação foi realizada remoção da cárie e restauração do dente 47, troca de uma restauração escurecida classe IV no dente 11, selamento oclusal do dente 37 e raspagem subgengival da arcada inferior. Para a extração dos terceiros molares, foi realizada a antissepsia intra e extraoral com clorexidina, colocação dos campos cirúrgicos, colocação de tampão orofaríngeo, infiltração com 6 mL de lidocaína 2% com adrenalina 1:200.000 para bloqueio direito e esquerdo dos nervos alveolar superior posterior, nervo alveolar inferior, nervo palatino maior, nervo lingual e bucal. Para os dentes 18, 28 e 38 foi realizada incisão intrassulcular e descolamento mucoperiosteal, em seguida a exodontia por via alveolar. Para o dente 48 foi realizada incisão intrassulcular com uma relaxante mesial e descolamento mucoperiosteal, osteotomia vestibular e odontossecção da porção coronária e radicular. Também foi feita sutura dos alvéolos em “X” interno com Vicryl® 5-0, remoção do tampão orofaríngeo e dos campos cirúrgicos e limpeza do paciente. Em decorrência da dificuldade do manejo em pacientes especiais, o ambiente hospitalar se torna um local favorável para o manejo por conter uma equipe multidisciplinar facilitando o tratamento e a boa recuperação dos pacientes.

Palavras-chave: Odontologia preventiva. Procedimentos cirúrgicos bucais. Serviço hospitalar.

Publicado
14-03-2018
Como Citar
Mattei, B. M., Zamboni, G. A. B., Pavelski, M. D., Garrastazu, M., Costa, M., & De Dea, B. (2018). Cirurgia hospitalar em paciente com necessidade especial: relato de caso. Ação Odonto, (2). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/15966
Seção
Resumo Categoria III