Uso de placa miorrelaxante como codjuvante no tratamento de DTM: relato de caso clínico

  • Joyce Pasinato
  • Pietra Mariah Soares
  • Lea Maria Dallanora

Resumo

O uso de placa miorrelaxante, fármacos e exercícios, fazem parte de um conjunto de fatores, que está altamente associado ao tratamento de disfunções temporomandibulares (DTM’s). Essas patologias estão cada vez mais inseridas no dia a dia das pessoas, sendo caracterizadas por dores crônicas nas estruturas envolvidas, limitações na abertura ou fechamento da boca, desvios do disco articular com rotação ou sem rotação e sons durante movimentos fisiológicos da mandíbula, que podem ser percebidos através de estalidos ou crepitação. Diante do exposto, o objetivo desse estudo, consiste em confeccionar uma placa miorrelaxante, bem como prescrever possíveis exercícios a serem realizados na região afetada, além de conversas semanais, a fim de estimular a paciente durante o tratamento, reduzindo os sintomas da dor e estresse. Foi possível observar que os objetivos propostos nesse estudo foram atingidos com sucesso. A partir dos exercícios propostos e da confecção e uso da placa miorrelexante pela paciente, foi observada uma diminuição dos sintomas, acarretando em um impacto positivo na qualidade de vida da paciente.

 

Publicado
20-03-2018
Como Citar
Pasinato, J., Soares, P. M., & Dallanora, L. M. (2018). Uso de placa miorrelaxante como codjuvante no tratamento de DTM: relato de caso clínico. Ação Odonto, (2). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/15944
Seção
Artigo revisão de literatura/casos clínicos