A importância do desenho e a escultura dental no desenvolvimento das habilidades manuais do cirurgião-dentista

  • Juliana Sales Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Os acadêmicos de Odontologia devem estar aptos a analisar dentes a partir de aspectos morfofuncionais a fim de corrigir as deficiências do sistema estomatognático de seus pacientes. Nesse contexto, é preciso que os alunos desenvolvam destrezas manuais e saibam confeccionar restaurações clínicas de forma perfeita. O objetivo com este trabalho é demonstrar a importância da disciplina de desenho e escultura para a vida profissional de um cirurgião-dentista. Trata-se de uma revisão de literatura com levantamento de dados em livros de anatomia dental, bem como no artigo “Contribuição da escultura dental para a realização de restaurações clínicas”, da Revista de Odontologia da Universidade Cidade de São Paulo. A disciplina de desenho e escultura dental viabiliza que o acadêmico de odontologia desenvolva suas habilidades manuais por meio de conhecimento teórico aliado a intensivos treinamentos para que consiga identificar os aspectos gerais dos dentes. Por estar disponível nas fases iniciais do curso, a disciplina capacita os alunos para desenvolver noções básicas de uma oclusão perfeita, orientando-os para disciplinas mais avançadas como dentística, nas restaurações clínicas, em que é imprescindível o conhecimento da anatomia dentária, para, por exemplo, realizar a escultura da oclusal de um dente e manter a oclusão e a harmonia dos arcos dentários. Além de aplicações na prótese dentária, o profissional deve ter conhecimento sobre a morfologia do dente a ser reproduzido a fim de manter uma boa estética e função. O acadêmico, ao cursar o componente curricular de desenho e escultura dental, terá aptidão não apenas nas suas capacidades manuais, mas também na percepção de detalhes anatômicos dos dentes, facilitando a sua restauração. Portanto, a escultura dental em cera exerce um papel importante no aperfeiçoamento das habilidades manuais e posteriormente no desenvolvimento de restaurações clínicas com maestria.

Palavras-chave: Escultura. Habilidades. Restaurações.

Referências

LEITE, Dayane Franco Barros Mangueira et al. Contribuição da escultura dental para a realização de restaurações clínicas e protéticas. Revista de Odontologia da Universidade da Cidade de São Paulo, São Paulo, v.25(3), p. 203-207, set/dez. 2013. Disponível em<http://arquivos.cruzeirodosuleducacional.edu.br/principal/old/revista_odontologia/pdf/setembro_dezembro_2013/Odonto_03_203-207.pdf>. Acesso em: 27 set. 2017.

Publicado
14-03-2018
Como Citar
Sales, J. (2018). A importância do desenho e a escultura dental no desenvolvimento das habilidades manuais do cirurgião-dentista. Ação Odonto, (2). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/15903
Seção
Resumo Categoria I