Disjunção rápida da maxila – revisão de literatura

  • Rafael Luís Usinger Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Lea Maria Franceschi Dallanora

Resumo

A atresia maxilar é uma deformidade dentofacial cada vez mais presente, ela é caracterizada pelo estreitamento da arcada superior no sentido transversal, causando uma divergência em relação à mandíbula. A disjunção rápida da maxila é um dos meios terapêuticos utilizados no tratamento das deficiências transversais maxilares. Ela pode ser realizada com o auxílio de disjuntores palatais, que aplicam uma força produzida por tornos expansores associados a aparelhos fixos que promovem a abertura da sutura palatina mediana. Os aparelhos mais utilizados são o disjuntor de Haas (dentomucosuportado), o disjuntor de Hyrax (dentossuportado) e o disjuntor McNamara (dentossuportado com cobertura de acrílico). Entre as indicações estão: deficiência real maxilar, deficiência relativa maxilar, atresia de bases ósseas nas dentições decídua e mista e ganho esquelético nas dimensões laterais da maxila. O presente estudo foi realizado por meio de revisão de literatura com pesquisa nas plataformas de pesquisa da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Scielo e Pubmed. O objetivo com o trabalho foi realizar uma revisão de literatura acerca do tema expansão rápida de maxila, apresentando suas principais indicações, contra-indicações, tipos de expansores e as modificações dento-esqueléticas produzidas por eles.

Palavras-chave: Expansão maxilar. Técnica de expansão palatina. Ortodontia.

Referências

BARBOSA, Alex Juliano Prado. Expansão rápida da maxila apoiada em mini-implantes: comparação entre diferentes diâmetros dos parafusos de ancoragem. 2010. 134p. Dissertação de mestrado - Universidade Cidade de São Paulo, 2010. Disponível em: <http://arquivos.cruzeirodosuleducacional.edu.br/principal/old/mestrado_ortodontia/Ortodontia/2010/Tese_de_mestrado_Alex_Prado.pdf> Acesso em: 16 abr. 2017.

BELL, Ronald Allen. A review of maxillary expansion in relation to rate of expansion and petient’s age. American Journal of Orthodontics & Dentofacial Orthopedics, Colorado Springs. v. 81, n. 1, p. 32-37, jan. 1982. Disponível em: <http://www.ajodo.org/article/0002-9416(82)90285-8/abstract> Acesso em: 16 abr. 2017.

BERGAMASCO, Fernando Campana. Expansão Rápida da Maxila. 2015. 41p. Trabalho de Conclusão do Curso de Odontologia – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2015. Disponível em: <http://www.uel.br/graduacao/odontologia/portal/pages/arquivos/TCC2015/FERNANDO%20CAMPANA%20BERGAMASCO.pdf> Acesso em: 16 abr. 2017.

CAPELOZZA FILHO, Leopoldino; SILVA FILHO, Omar Gabriel da. Expansão rápida da maxila: considerações gerais e aplicação clínica. Parte I. Revista Dental Press Ortodontia e Ortopedia Maxilar, Maringá. v. 2, n. 3, p. 88-92, mai./jun. 1997 a.

CAPELOZZA FILHO, Leopoldino; SILVA FILHO, Omar Gabriel da. Expansão rápida da maxila: considerações gerais e aplicação clínica. Parte II. Revista Dental Press Ortodontia e Ortopedia Maxilar, Maringá. v. 2, n. 3, p. 88-92, mai./jun. 1997 b.

CARDOSO, Virginia Maria Moreira. Expansão Rápida da Maxila. 2010. 45p. Trabalho de Conclusão do Curso de Especialização em Ortodontia - Universidade Estadual do Ceará - Juazeiro do Norte, 2010. Disponível em: <http://www.mustapha.com.br/wp-content/uploads/2011/09/Virginia-Cardoso.doc> Acesso em: 16 abr. 2017.

FABRINI, Fábio Flores; GONÇALVES, Keith Jimmy; DALMAGRO FILHO, Lauri. Expansão rápida da maxila, sem assistência cirúrgica, utilizando Hyrax. Arquivos de Ciências da Saúde Unipar, Umuarama, v. 10, n. 3, p. 177-180, set./dez. 2006. Disponível em: <http://www.neom-rb.com.br/arquivos/93.pdf> Acesso em: 16 abr. 2017.

FERREIRA, Carla Mauad de Paula et al. Efeitos dentais e esqueletais mediatos da E.R.M. Utilizando o disjuntor Hyrax. Revista Dental Press Ortodontia e Ortopedia Facial, Maringá. v. 12, n. 4, p. 36-48, jul./ago. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/dpress/v12n4/06.pdf> Acesso em: 16 abr. 2017.

SILVA, Patrick Guglielmi. Expansão rápida da maxila com os aparelhos de Haas e Hyrax. 2012. 149p. Trabalho de Conclusão do Curso de Especialização em Ortodontia - Faculdade Redentor - Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: <https://www.posgraduacaoredentor.com.br/hide/path_img/conteudo_54246e1f2b9d8.pdf> Acesso em: 16 abr. 2017.

TIMMS, Donald James. The dawn of rapid maxillary expansion. The Angle Orthodontist, São Francisco. v. 69, n. 3, p. 247-250. 1999. Disponível em: <http://www.angle.org/doi/pdf/10.1043/0003-3219(1999)069%3C0247:TDORME%3E2.3.CO%3B2?code=angf-site>. Acesso em: 16 abr. 2017.

Publicado
20-03-2018
Como Citar
Usinger, R. L., & Dallanora, L. M. F. (2018). Disjunção rápida da maxila – revisão de literatura. Ação Odonto, (2). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acaodonto/article/view/13592
Seção
Artigo revisão de literatura/casos clínicos