PHOTOCHEMICAL REDUCTION OF CR(VI) FROM ELECTROPLATING WASTEWATER USING INDUSTRIAL STEEL WASTE AS IRON SOURCE

  • Laís Bruna Verona Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Mariza Camargo das Dores Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Patrícia Peri Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Maria Rita Chaves Nogueira Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Petrick Anderson Soares Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Resumo

The use of chromium in different industrial activities, such as electroplating, textile dyeing, leather tanning and metallurgy, results in toxic wastewaters containing chromium species, which must be treated before discharging into receiving waters. In this work, an industrial steel waste (mill scale found on all hot-rolled steel products) was evaluated as iron source to promote the reduction of hexavalent chromium species present in an electroplating wastewater. Mill scale (MS) was characterized by spontaneous magnetization, point of zero charge (pHpzc) and metal leaching. The efficiency of MS was studied in the presence and absence of reducing agents (citric acid and oxalic acid), and its stability and the influence of the homogeneous reaction on the overall efficiency was also evaluated using a batch system. Higher concentrations of MS resulted in an increase in the rate of Cr (VI) reduction. It was observed a negligible effect of citric acid and oxalic acid on Cr(VI) reduction in the absence of MS, however, in the presence of MS particles and organic acids, Cr(VI) reduction is significantly enhanced. It was verified that MS acts only as source of iron for the solution. The results indicate that MS can be used effectively in wastewater treatment, more precisely in Cr (VI) reduction.

Biografia do Autor

Laís Bruna Verona, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Graduanda em Engenharia Sanitária e Ambiental pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC. Bolsista de iniciação científica pelo Art. 170 da Constituição Estadual de Santa Catarina.
Mariza Camargo das Dores, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Graduação em Química pelo Centro Universitário Diocesano do Sudoeste do Paraná (2004). Mestranda do curso de Pós-Graduação do Mestrado em Ciência e Biotecnologia,  Universidade do Oeste de Santa Catarina. 

Patrícia Peri, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Mestranda do curso de Pós-Graduação do Mestrado em Ciência e Biotecnologia, Sandwich Acadêmico, Brasil/Portugal, Universidade do Oeste de Santa Catarina/Universidade do Porto. Pertencente ao Grupo de Pesquisa em Biotecnologia Ambiental. Especializada em Gestão da Qualidade pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2016). Bacharel em Engenharia Sanitária e Ambiental pela Universidade do Oeste de Santa Catarina(2013).
Maria Rita Chaves Nogueira, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (2007), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010), e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014) com período sanduíche na Rice University (Houston, TX, EUA). Tem experiência na área de processos oxidativos avançados, cinética química, tratamento catalítico de compostos orgânicos e reações heterogêneas. Atua também na área de Ciência e Tecnologia de Produtos Naturais, Biotecnologia Ambiental e Biotecnologia Aplicada a Agroindústria e Saúde.
Petrick Anderson Soares, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Doutor em Engenharia do Ambiente pela Universidade do Porto. Tem experiência na área de engenharia sanitária, com ênfase em tratamento de águas e efluentes, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão e tratamento de resíduos, aplicação de processos oxidativos avançados visando reuso no tratamento de águas e efluentes, processos biológicos aplicados a remediação de águas e efluentes e combinação de processos no tratamento de efluentes, gestão de recursos hídricos e modelos de qualidade de água. Professor Assistente na Universidade do Oeste de Santa Catarina, junto a área de Ciências Exatas e Tecnológicas e no Programa de Mestrado Acadêmico em Ciência e Biotecnologia.
Publicado
20-12-2017
Como Citar
Verona, L., Camargo das Dores, M., Peri, P., Chaves Nogueira, M., & Soares, P. (2017). PHOTOCHEMICAL REDUCTION OF CR(VI) FROM ELECTROPLATING WASTEWATER USING INDUSTRIAL STEEL WASTE AS IRON SOURCE. Anais eletrônicos Do International Symposium on Science and Biotechnology. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/ISSB/article/view/16137