REMOVAL OF ORGANIC MATTER FROM WATER DISCARDED BY PAPER AND CELLULOSE MILLS AFTER UV/H2O2 TREATMENT

  • Cristiane Lisboa Giroletti Universidade Federal de Santa Catarina
  • Jean Carlo Salome dos Santos Menezes Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Tainara Padilha de Oliveira Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Maria Eliza Nagel-Hassemer Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

aper and cellulose mills effluents are composed by several combinations of chemical reagents used in productive stages and of substances originating from raw material, used to produce paper and cellulose pulp. Considering the volume of effluents generated by such industries and the current crisis of water  resources, it is blatant the need of an efficient treatment for the discarded water. The advanced oxidative processes constitute an attractive option for treating several effluents. They are capable of promoting degradation and even mineralization of refractory pollutant particles. The current paper looks forward to assessing the performance of the UV/H2O2 process in removing organic matter present in the effluent of a paper mill. The research was carried out in a photochemical reactor with active capacity of 1300 mL. As source of UV radiation, it was used a medium pressure mercury lamp of 125 W. During 120 minutes of UV irradiation, six H2O2 concentrations were testes, varying between 15 and 200 mg.L-1. The results revealed the effectiveness of the process when removing 84% of the CDO and 91% of the BOD5. The performance of the UV/H2O2 process was influenced by the availability of H2O2 and the time of UV irradiation.

Biografia do Autor

Cristiane Lisboa Giroletti, Universidade Federal de Santa Catarina
Possui graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2015) e mestrado em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Santa Catarina (2017). Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental na Universidade Federal de Santa Catarina
Jean Carlo Salome dos Santos Menezes, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Química pela Universidade de Passo Fundo, graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2016), mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005). Doutorado em Engenharia, área de concentração: Tecnologia Ambiental pelo PPG3M - Universidade Federal do Rio Grande do Sul(2009). Tem experiência na área de Engenharia Sanitária, Química e Meio Ambiente, com ênfase em Técnicas Avançadas de Tratamento de Águas e efluentes, atuando principalmente nos seguintes temas: tratamento de águas, tratamento de efluentes, processos oxidativos avançados,drenagem ácida de minas, coagulação, floculação e adsorção. Atualmente é professor na Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus Videira (UNOESC), integra o Programa de Pós-Graduação em Ciencia e Biotecnologia da UNOESC.
Tainara Padilha de Oliveira, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2016) onde o projeto de conclusão de curso foi Comportamento da Microbiota Autóctone Frente a Adição de Salmonella enterica Choleraesuis e de Lactobacillus acidophillus em Linguiça Frescal de Carne Suína. Atualmente é professora tutora a distância do curso de Engenharia Química, auxiliar de laboratório, faz parte do conselho de gestão e colabora na pesquisa e desenvolvimento da Universidade do Oeste de Santa Catarina Videira.
Maria Eliza Nagel-Hassemer, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora Adjunta do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental - UFSC. Possui graduação em Engenharia Sanitária pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (1983), mestrado em Engenharia Ambiental pela UFSC (2000), doutorado em Engenharia Ambiental pela UFSC (2006), com parte realizada na Universidade do Minho, Portugal e pos-doutorado pela UFSC (2008 e 2012). Tem experiência na área de Engenharia Sanitária e Ambiental, com ênfase em Técnicas Convencionais e Avançadas de Tratamento de Água, Efluentes Domésticos e Industriais, atuando principalmente nos seguintes temas: desinfecção, ozônio, radiação ultra violeta, toxicidade, oxidação, dióxido de cloro, efluente têxtil, floculação em meio granular, processos oxidativos avançados. Atuação nas áreas da Saúde Pública, Educação Ambiental, Recuperação de Áreas Degradadas e Produção mais Limpa. Faz parte da liderança do Grupo de Estudos em Saneamento Descentralizado - GESAD. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental - PPGEA. Supervisora do LIMA - Laboratório Integrado de Meio Ambiente do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental.

 

Referências

AHMED, B.; MOH AMED, H.; LIMEM, E.; NASR, B. Degradation and mineralization of organic pollutants contained in actual pulp and paper mill wastewaters by a UV/H2O2 process. Industrial e Engineering Chemistry Research . v 48, p. 3370–3379, 2009.

ARAÚJO, K.S.; ANTONELLI, R.; GAYDECZKA, B.; GRANATO, A.P.; MALPASS, G. R.P. Processos oxidativos avançados: uma revisão de fundamentos e aplicações no tratamento de águas residuais urbanas e efluentes industriais. Revista Ambiente e Água; p. 387-401, 2016.

ASHRAFI, O.; YERUSHAIMI, L.; HAGHIGHAT, F. Wastewater treatment in the pulp-and-paper industry: A review of treatment process and the associated greenhouse gas emission. Journal of Enviromental Management, v. 158, p. 146-157, 2015.

APHA - AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION – Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater. Washington: APHA, AWWA, WEF. 20. ed., 2005.

BADAWY, M.I.; GHALY, M.Y.; GASD-ALLAHA T.A. Advanced oxidation processes for the removal of organo-phosphorus pesticides from wastewater, Desalination. v 194 p. 166–175, 2006.

BAJPAI, P. Bleach Plant Effluentes from de Pulp and Paper. Springer Cham Heiddelberg New York. 2013.

BRASIL. Ministério Do Meio Ambiente, Conselho Nacional De Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº 430, de 13 de maio de 2011 – In: Resoluções, 2011.

HERMOSILLA, D.; MERAYO, N.; CASCÓ, A.; BLANCO, Á. The application of advanced oxidation technologies to the treatment of effluents from the pulp and paper industry: a review. Environmental Science Pollution Research, v. 22, p. 168-191, 2015.

GOGATE, P.R.; PANDIT, A.B. A Review of Imperative Technologies for Wastewater Treatment I: Oxidation Technologies at Ambient Conditions. Advances in Environmental Research, v 8, p. 501-551, 2004.

ROSARIO-ORTIZ,F.L.; WERT, E.C.; SNYDER, S.A. Evaluationof UV/H2O2 treatment for the oxidation of pharmaceuticalsin wastewater, Water Research, v.44, p. 1440–1448, 2010.

SAVANT, D.V.; ABDUL-RAHMAN, R,L.; RANADE, D.R Anaerobic degradation of adsorbable organic halides (AOX) from pulp ande paper industry. Bioresource Technology, v.97, p.1092-1104, 2006.

WANG, J.L.; XU, L.J. Advanced Oxidation Processes for Wastewater Treatment: Formation of Hydroxyl Radical and Application. Environmental Science and Technology, v 42, p.251–325, 2012.

Publicado
20-12-2017
Como Citar
Lisboa Giroletti, C., Salome dos Santos Menezes, J., Padilha de Oliveira, T., & Nagel-Hassemer, M. (2017). REMOVAL OF ORGANIC MATTER FROM WATER DISCARDED BY PAPER AND CELLULOSE MILLS AFTER UV/H2O2 TREATMENT. Anais eletrônicos Do International Symposium on Science and Biotechnology. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/ISSB/article/view/16110